ANÍBAL E SEU EXÉRCITO

anibal1
Aníbal e seu exército – O inferno de Roma

Uma inesquecível derrota ensinou aos romanos que a inteligência é uma arma quente contra a força bruta. Uma extraordinária vitória mostrou aos cartagineses que humilhar o grande pode custar caro em longo prazo
por Alexandre Grandazzi

O grande estrategista: triunfo sobre três legiões e, mais tarde, sobre um exército inteiro Aníbal contando os anéis dos romanos mortos durante a batalha, escultura, Sebastien Slodtz, 1704, Louvre
Verão de 216 a.C. Havia quase dois anos, Roma e Cartago se enfrentavam na região da bacia mediterrânea ocidental. O exército de Aníbal, um dos maiores estrategistas militares da história, saiu da Península Ibérica, passou pelos Pirineus e pelos Alpes e acabou na planície do Pó, onde triunfou sobre três legiões que Roma enviara para derrotá-lo. As batalhas ficaram conhecidas como Ticino (novembro de 218 a.C), Trebia (dezembro de 218 a.C) e Trasímeno (junho de 217 a.C).

Depois de perder 20 mil homens na batalha de Trasímeno, os romanos decidiram protelar. A ordem era assediar o exército de Aníbal para enfraquecê-lo aos poucos, mas sem lutar. Em resposta a essa estratégia, Aníbal multiplicou os ataques de surpresa e as pilhagens, espalhando fogo e devastação por toda a Península Itálica.

Daí em diante, os romanos não puderam mais ficar inativos, num jogo de suposta inteligência que fracassou diante da força. O inimigo desafiou sua potência, até mesmo diante de aliados. Por isso o Senado de Roma decidiu enviar seus exércitos ao encontro de Aníbal. O general cartaginês queria batalha? Pois teria, mas com uma amplidão que nem imaginava! Assim pensavam os então perdedores, ávidos por uma vitória que os redimisse da humilhação recente.

Assim, na manhã de 2 de agosto de 216 a.C, oito legiões e auxiliares, num total de quase 100 mil soldados, acampou na planície de Cannes, na costa adriática, sob o promontório de Gargano. Foi o maior exército reunido por Roma até aquele momento.

LEIA MAIS. CLIQUE AQUI.

Uma resposta

13 04 2014
FRANCISCO

JAMAIS VAI HAVER UM GENERAL TÃO BOM NO CAMPO DE BATALHA QUANTO ANIBAL. NAPOLEÃO DISSE VÁRIAS VEZES, QUE NADA FEZ, SENÃO REPRODUZIR AS ESTRATÉGIAS DE ANÍBAL. ÊLE LIA ANIBAL. MENTALIZAVA AS BATALHAS DE ANIBAL, ANTES TRAVAR SUAS PRÓPRIAS BATALHAS. EXISTEM VÁRIAS VITÓRIAS DE NAPOLEÃO BEM PARECIDAS COM VITÓRIAS DE ANIBAL. POR EXÊMPLO VITÓRIA DE AUSTERLITZ E OUTRAS.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 100 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: