GUERRA DOS MASCATES

Guerra dos Mascates - BRESCOLA
A Guerra dos Mascates foi um conflito ocorrido no estado brasileiro de Pernambuco, entre 1710 e 1711.

O embate envolveu senhores de terras e de engenhos pernambucanos, concentrados em Olinda, e comerciantes portugueses do Recife — chamados pejorativamente de mascates. Dependentes econômicamente dos comerciantes, junto a quem contraíram dívidas por causa da queda internacional do preço do açúcar, os proprietários pernambucanos não aceitaram a emancipação político-administrativa da cidade do Recife (que até então era uma comarca subordinada a Olinda). A emancipação de Recife só agravaria a situação dos fazendeiros diante da burguesia lusitana, que passaria a estar em igualdade política com os devedores.

Em fevereiro de 1710, pouco depois de receber a carta régia que eleva o povoado à condição de vila, os comerciantes inauguram o Pelourinho e a Câmara Municipal, separando o Recife de Olinda, a sede da capitania. A aristocracia rural pernambucana reagiu e atacou Recife sob a liderança de Bernardo Vieira de Melo e de Leonardo Bezerra Cavalcânti. O governador Sebastião de Castro Caldas Barbosa, ligado aos mascates, fugiu para a Bahia, deixando o governo da capitania com o bispo Manuel Álvares da Costa Claumann. Mas os mascates contra-atacaram em 1711, invadindo Olinda e provocando incêndios e destruição em vilas e fazendas próximas.

A nomeação de um novo governador e a atuação de tropas mandadas da Bahia puseram fim à guerra. A burguesia mercantil recebe o apoio da metrópole, e o Recife mantém sua autonomia. Mas o sentimento autonomista e antilusitano dos pernambucanos, que vinha desde a luta contra os holandeses, continua a manifestar-se em outros conflitos, como a Conspiração dos Suassuanas, a Revolução Pernambucana de 1817 e a Confederação do Equador.

Guerra dos Mascates (1709-1711)

A Guerra dos Mascates ocorreu em Pernambuco e, aparentemente, foi um conflito entre senhores de engenho de Olinda e comerciantes do Recife. Estes últimos, denominados “mascates”, eram, em sua maioria, portugueses.

Antes da ocupação holandesa, Recife era um povoado sem maior expressão. O principal núcleo urbano era Olinda, ao qual Recife encontrava-se subordinado.

Porém, depois da expulsão dos holandeses, Recife tornou-se um centro comercial, graças ao seu porto excelente, e recebeu um grande afluxo de comerciantes portugueses.

Olinda era uma cidade tradicionalmente do minada pelos senhores de engenho. O desenvolvimento de Recife, cidade controlada pelos comerciantes, testemunhava o crescimento do comércio, cuja importância sobrepujou a atividade produtiva agroindustrial açucareis, à qual se dedicavam os senhores de engenho olindenses.

O orgulho desses senhores havia sido abala do seriamente desde que a concorrência anti lhana havia colocado em crise a produção açucareis do nordeste. Mas ainda eram poderosos, visto que controlavam a Câmara Municipal de Olinda.

À medida que Recife cresceu em importância, os mercadores começaram a reivindicar a sua autonomia político-administrativa, procurando libertar-se de Olinda e da autoridade de sua Câmara Municipal. A reivindicação dos recifenses foi parcialmente atendida em 1703, com a conquista do direito de representação na Câmara de Olinda. Entretanto, o forte controle exercido pelos senhores sobre a Câmara tornou esse direito, na prática, letra morta.

A grande vitória dos recifenses ocorreu com a criação de sua Câmara Municipal em 1709, que libertava, definitivamente, os comerciantes da autoridade política olindense. Inconformados, os senhores de engenho de Olinda, utilizando vários pretextos (a demarcação dos limites entre os dois municípios, por exemplo), re solveram fazer uso da força para sabotar as pretensões dos recifenses. Depois de muita luta, que contou com a intervenção das autoridades coloniais, finalmente em 1711 o fato se consumou: Recife foi equiparada a Olinda. Assim terminou a Guerra dos Mascates.

Com a vitória dos comerciantes, essa guerra apenas reafirmava o predomínio do capital mercantil (comércio) sobre a produção colonial. E isso já era fato, uma vez que os senhores de engenho eram freqüentemente devedores dos mascates. Portanto, a equiparação política das duas cidades tinha fortes razões econômicas e obedecia à lógica do sistema colonial.

Fonte: http://www.pt.wikipedia.org

38 responses

11 08 2009
eu estou fazendo um trabalho sobre a querra dos mascates e eu amei ler tudo isso

amei tudo isso

assinado= luaninha no estilo patricinha

20 10 2009
Carla

gostei muito do conteúdo,mas acho que deveria ter mais figuras,pois no google vem coisas que as vezes que não tem nada haver.
Adorei,mas faltam figuras…
Ass:Carla Cristina

16 12 2009
ernani satyro sales

Parabenizo pelo interessante trabalho.Tenho curiosidade pelo assunto e em particular pela figura do Bispo Dom Manuel Alvares da Costa Culmann. Perguto se o ilustre professor pode me ajudar citando fontes bibliográficas e iconografpicas sobre este personagem,Muito agradeço
att
Ernani

14 03 2010
jeca tatu

nao gostei do conteudo e quero pedir que mostrem mais fotos da guerra dos mascates e falem mais sobre eles !!!

17 06 2010
darlane

eu gostei sim do conteudo qp fala de tudo sobre a guerra dosmascates

10 08 2010
thaisa doe estilo patricinha 1000/ gatinha

adorei o texto muito esplicativo eu amei porque eu to fazendo uma pesquisa

22 09 2010
Michel

gostei de fato do artigo, contudo ainda faltam determinados trechos significativos para a conclusão deste trabalho. de ve-se ficar atento que, embora atualmete recife seja a capital de Pernambuco, Olinda é a cidade mais antiga deste estado. Daí a diferença histórica e política do território pernambucano.

24 11 2010
claudiane fiche sampaio

adorei este texto

24 11 2010
marcia onorio

gostei desse artigo e muito demontrativo

12 04 2011
cabeça de picas militar

fooda

28 05 2011
Katielly

vc nao sai sair do jonal

28 06 2011
Ana

aff nao acho uma introdução nem conclusao pronta dessa merda da guerra dos mascates

9 08 2011
Juliana Alves Sabóia

Achei mt interessante.Isso me ajudou mt no trabalho que estou fazendo !!!!

4 09 2011
Francyelle Silva.

Gostei mais deveria ter mais imagens !

1 10 2011
emmilly ferreira

eu gostei muito eu vou fazer um trabelho sobre esse assunto e eu gostei muito

20 10 2011
jusefina de la faringite

o texto é grande pra caralho pelo amor de deus (quanto menor melhor) kkkk

27 10 2011
isabela couto

adorei me ajudou muito no meu trabalho(obrigado por garantir meu dez)
eu li tudo ta mt bom!

13 11 2011
Gabrielly Pimentel

Bom, eu li tudo mas não achei figuras, quer uma dica? Poste mais fotos sobre a Guerra dos Mascates e resuma o texto, por que eu cansei de ler tudo isso!!!

12 12 2011
ashley

achei bem interessante mais estou procurando fotos pra um trabalho de historia mais o conteudo e bom

8 03 2012
Matheus

Entao deixa eu ve se entendi, Foram 2 pessoas que começaram E libertaram os escravos? ou Estou confundindo com Revolta de beckmann

20 03 2012
bia

amei

1 04 2012
itamara carina

gostei tive todas as emformações que queria beijos

18 04 2012
moany

to fazendo um tabalho pra escola, não achei nada

29 07 2012
mayara

gostei tive todas as emformações que queria beijo

31 07 2012
larissa

nn gostei por q queria resumo do resumo

2 08 2012
daiane

Entao deixa eu ve se entendi, Foram 2 pessoas que começaram E libertaram os escravos? ou Estou confundindo com Revolta de beckmann

11 09 2012
ellen karyne

legal afinal eu tou estudando sobre isso muito interessante e muito importante estudar sobre sso gosto muito

8 11 2012
larissa

gostei muito mas nao imcontrei tudo o que eu queria

5 03 2013
quero quew o cu de todo mundo pegue fogo !

quero quew o cu de todo mundo pegue fogo !

20 03 2013
geuvana

eu gostei muito e pros trouxa q fala q não gosto ta mentindo pq ta ótimo aki fala tudo q precisa sobre a guerra dos mascates.

20 03 2013
geuvana

meu cu ta cossando muito me ajuda a faser para de cossar por favor

3 04 2013
anula anulinha

meu deus nao consegui achar o que eu queria mais boa pesquisa nota 10,00

3 04 2013
anula anulinha

Meu deus geuvana :( vai procurar o que fazer o coitado deve ter tido um trabalhão para fazer isso e voce fica fzendo isso que disrrespeito

6 05 2013
Maria Rainha

Ameei tantoo qe meu cuzim ta duendo de ta sentada a qui lemdo essa desgraça

8 05 2013
Site

Não consegui achar o que queria :(

4 09 2013
yasmin

esse texto é uma explicação da guerra ou um resumo do livro?

9 04 2014
wellinto.justino

gostei mas não tem guase nada de imagens

15 04 2014
gabrielly

gostei mas não tem quase nada de imagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 119 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: