Não é apologia. É constatação!

17 11 2007

Lula é líder com melhor imagem na América Latina, diz pesquisa

Marcia CarmoDe Buenos Aires

Em avaliação de zero a dez, o presidente Lula recebeu nota 5,7
Uma pesquisa da ONG Latinobarômetro, divulgada nesta sexta-feira, em Santiago, no Chile, afirma que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o líder político com melhor imagem na América Latina e o único a manter o posto nos últimos dois anos. A ONG entrevistou mais de 20 mil pessoas em 18 países, à exceção de Cuba, em setembro e outubro deste ano.
Hugo Chávez, da Venezuela, George W. Bush, dos Estados Unidos, e Fidel Castro, de Cuba, apareceram nos últimos lugares neste ranking. Numa avaliação de zero a dez, Lula recebeu a nota 5,7. Mas apesar do resultado favorável ao presidente, os brasileiros mostraram-se pouco otimistas em relação ao futuro.
Os brasileiros estão entre os latino-americanos que mais temem perder o emprego nos próximos 12 meses, ficando atrás nesta lista apenas dos moradores da República Dominicana, de El Salvador e do Equador. No Brasil, 70% temem perder seu posto de trabalho. No ano passado, este índice era de 42%.
Este percentual vem caindo na América Latina como um todo. Em 1998, por exemplo, 78% temiam ficar desocupados. No ano passado, 67%. E este ano, 64% afirmaram preocupar-se em perder o emprego.
Quando perguntados sobre como qualificariam a situação da economia do país, 26% dos brasileiros responderam que ela é “muito boa” e “boa”. No ano passado, esse percentual era de 28%. Neste ranking, a Venezuela lidera com 52%.
A situação no Brasil chama ainda mais a atenção quando os entrevistados responderam sobre sua expectativa para a economia do país em 2008. No Brasil, 35% afirmaram que a economia do ano que vem será “muito melhor” ou “melhor” do que a deste ano, uma queda de 20 pontos em relação ao ano anterior, quando esse percentual foi de 55%.
Neste item, só a Venezuela mantém o mesmo otimismo registrado no ano passado, com 60% da população acreditando que a economia do ano que vem será “muito melhor” ou “melhor” do que a deste ano.
De acordo com o estudo, a alta do preço do petróleo, que influencia diretamente a economia do país, poderia ter motivado a resposta dos venezuelanos. Mas no geral, ressalta a ONG, as perspectivas dos moradores dos outros países da região são diferentes das dos venezuelanos.
“Estes números indicam que os cidadãos sabem que a situação econômica do país em 2008 será menos favorável comparativamente com a situação que se esperava para a região em 2007”, diz o estudo. “Não sabemos com exatidão como se formam estas expectativas”.
No geral, os principais problemas apontados pelos moradores dos principais países da região foram desemprego e delinqüência.
Este ano, de acordo com o estudo do Latinobarômetro, a delinqüência foi definida como o maior drama para os moradores de oito dos 18 países pesquisados. No ano passado, este item reunia seis países. Em 2007, Brasil e Chile foram incorporados.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: