QUEM FOI O PERNAMBUCANO BERNARDO VIEIRA DE MELO?

17 05 2008

Senhor de engenho em militar, nasceu em Muribeca, na segunda metade do Século XVII. Comandou uma das expedições no ataque final ao Quilombo dos Palmares e, como prêmio, foi nomeado governador e capitão-mor da capitania do Rio Grande do Norte (1695).
Retornou a Pernambuco em 1710 e foi nomeado comandante do terço de linha do Recife. Quando eclodiu a Guerra dos Mascates em 1710, envolveu-se no conflito e rumou para Olinda (então capital da província), onde participou dos movimentos que culminaram com a fuga (para a Bahia) do governador Sebastião de Castro e Caldas e a posse do bispo Dom Manuel Álvares da Costa.
Em seguida, o bispo é deposto do cargo e Bernardo Vieira de Melo é preso. Em 1711, chega a Pernambuco o novo governador, Félix José Machado de Mendonça Eça Castro e Vasconcelos, e este exige que Dom Manuel seja reconduzido ao cargo, para dele recebê-lo, ocasião em que Bernardo Vieira é libertado e se refugia nos Palmares.
Em 1712, Bernardo Vieira é condenado à prisão, entrega-se e é conduzido ao Recife. Em seguida, com seu filho André Vieira de Melo e mais nove companheiros derrotados na Guerra dos Mascates, é remetido para Lisboa onde morreria.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: