DOM HÉLDER

25 05 2008

A RESISTÊNCIA DEMOCRÁTICA

Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 24 abril de 1977. Essa é a primeira vez que a imprensa brasileira publica uma entrevista com Dom Hélder, desde que em fins de 1970 o governo militar do Brasil proibiu qualquer veículo de comunicação social de veicular notícia sobre o arcebispo de Olinda e Recife.
Na entrevista, concedida a Divane Carvalho, Dom Hélder fala da sua militância política, do confronto Igreja-Estado no Brasil, de suas viagens ao exterior, do papel da Igreja, de suas relações com a imprensa brasileira e das acusações que os militares lhes têm feito de ser “comunista”.
Sobre críticas que sofreu por ter denunciado, no exterior, a prática de tortura a presos políticos brasileiros (veja referência 366), Dom Hélder afirma: (…) “quando combato as injustiças, se essas injustiças são cometidas no Brasil, não estou combatendo o Brasil: estou combatendo as injustiças das quais as primeiras vítimas são muitas vezes os brasileiros. (…) Será que a gente (o Brasil) quer provar que não é possível caminhar democraticamente?”.
“VOTO A DOM HÉLDER PROVOCA TUMULTOS”.
Diário de Pernambuco, Recife 29 abril de 1977. Notícia diz que uma proposta, feita pelo deputado Marcus Cunha, do partido de oposição, Movimento Democrático Brasileiro-MDB, para que a Assembléia Legislativa de Pernambuco concedesse voto de congratulações pela passagem do 25º aniversário de bispado de Dom Hélder, acabou gerando confusão no plenário: o deputado Wandenkolk Waderley, do partido do governo, Aliança Renovadora Nacional-Arena, tentou esmurrar Marcus Cunha, após este fazer discurso enaltecendo Dom Hélder. A proposta foi derrotada no plenário.
“RECIFE NEGA HOMENAGEM A DOM HÉLDER”
Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 29 abril de 1977. Notícia diz que a Assembléia Legislativa de Pernambuco derrotou a proposta de voto de congratulações a Dom Hélder. (veja referência 471).
“DEPUTADOS TROCAM INSULTOS POR CAUSA DE DOM HÉLDER”
Diário da Noite, Recife, 29 abril de 1977 (veja referência 471).
“CÂMARA REJEITA LOUVOR A HÉLDER”
Diário da Noite, Recife, 04 de maio de 1977. Notícia diz que a Câmara de Vereadores do Recife rejeitou a proposta de voto de congratulações pela passagem do 25º aniversário do bispado de Dom Hélder, de autoria do vereador José Carlos de Vasconcelos, do partido de oposição, Movimento Democrático Brasileiro-MDB.
A notícia diz que o voto de desempate que derrotou a proposição foi dado pelo vereador Luis Gonzaga Vasconcelos, também MDB.

FONTE: PERNAMBUCO DE A/Z
Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: